Enfermeiras que ajudaram a salvar pacientes do Hospital Badim estão em estado grave Três enfermeiras que ajudaram a socorrer pacientes internados no Hospital Badim durante o incêndio estão internadas em estado grave. Uma delas está no CTI. A informação é do Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (Coren-RJ).

A direção do Hospital Badim, no entanto, não divulga quantos funcionários da unidade que participaram do salvamento estão internados e qual seu estado de saúde. Em nota divulgada à imprensa, o diretor do hospital diz apenas que há vinte funcionários e familiares feridos, sem especificar quantas são as vítimas de cada grupo. Além deles, segundo o hospital, há 59 pacientes internados e 18 altas registradas desde o último comunicado, de sexta-feira (13).

Para o Coren o hospital está dando pouco valor aos funcionários ao não divulgar que estão internados.

Uma fiscal do Coren fez uma ronda nas unidades de saúde em busca de profissionais de enfermagem internados. Elas foram localizadas no Quinta D'or, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio,e no Caxias D'Or. 

Questionado, o hospital se recusa a informar quantos profissionais de saúde estão internados e qual seu estado de saúde.