Novo single de Hudson Almeida inspira mudanças através da presença de Jesus Seis meses após lançar o single Egito, o canto Hudson Almeida anunciou em primeira mão aos ouvintes da Melodia FM seu mais novo lançamento pela C1C2 Produções: "Tudo Mudou". Aos apresentadores do programa Tarde Maior, Débora Lyra e Edinho Lobo, o músico de Campo Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro, contou sobre o processo inspirativo e criativo desta canção que fala sobre o derramar da graça de Deus.

A música sempre fez parte do seu dia a dia. Mas faltava autoconfiança para seguir o ministério de Deus, o que foi incentivado por pessoas especiais. Hudson canta desde pequeno, quando frequentava a Assembleia de Deus em Queimados/RJ. Foi ali que ele teve a sua a primeira experiência como ministro de louvor, somente voz e violão. Frequentou mais duas igrejas, nas quais aprendeu muito sobre serviço e louvor congregacional. Atualmente, frequenta a Primeira Igreja Batista do Recreio, na zona oeste do Rio, liderada pelo Pr. Wander Gomes.

“Eu canto desde criança, na igreja. Quando via os pastores cantando, eu ficava cantando, ouvindo e pensando: ‘Senhor, eu quero cantar também’. E no dia que colocaram o microfone na minha mão, eu comecei a cantar na igreja. Começaram a surgir convites para cantar nos eventos e nos cultos. Antigamente nos grupos de louvor a gente solava. Até que um dia alguém virou pra mim e disse que eu precisava virar cantor. Eu não estava muito confiante, mas encontrei esse pessoal da minha atual produtora, que é uma grande família, e iniciamos o projeto. E o Senhor foi traçando os caminhos. Ele foi colocando os planos Dele nos meus e as coisas foram acontecendo. E agora eu estou na Melodia.”

E o grande sucesso de Hudson Almeida é “Egito”. A canção recebeu um cuidado especial para que pudesse passar ao público a real emoção que Hudson queria dar a esta versão da canção do grupo norte-americano Bethel Music, lançada no álbum Revival’s In The Air (live) no ano de 2020. A letra faz um paralelo entre a libertação dos israelitas e a libertação dos homens pelo sacrifício de Jesus.

“Quando eu escolhi essa versão, enviei ao produtor e defini quais seriam o tom, os arranjos... todos os detalhes. E ele fez algo fenomenal. Ele conseguiu colocar a emoção que eu queria na música”, conta.

A composição começou a fazer parte do ministério de Hudson de forma natural e a fonte de inspiração não poderia ser melhor.

“Quando a gente vai fazer uma produção e escolhe uma canção, a gente entra num período de busca, de perguntar para o Senhor o que Ele quer fazer com aquela canção. Será que Ele quer alcançar uma vida, ou um milhão de vidas? O que Ele irá fazer através desta música? E se ela fizer sentido para mim, quando eu canto, se ela for uma verdade para mim, eu acho que isso reflete em quem está ouvindo. Quando se trata de um ministério, tem que haver uma verdade dentro de nós. E a produção das minhas músicas passaram por momentos de batalha espiritual, de busca e de graça. A gente viu a graça de Deus descendo, as coisas acontecendo e as vidas sendo impactadas. A gente não tem noção do quanto que o Espírito Santo pode fazer através de nós. Mas Ele faz, mesmo a gente sendo pequenininho. Isso é gratificante e maravilhoso”, revela.

A grande novidade é a canção “Tudo Mudou”, uma canção autoral em parceria com Patrick Mendes. Eles queriam uma canção especial para este projeto, então, Hudson pediu a Deus e aconteceu.

“Tudo Mudou” é uma canção que o Senhor me deu num quarto de oração. Ela teve a participação de um grande amigo, o Patrick Mendes, que me ajudou muito. Porque eu estou aprendendo a compor. Vou fazendo e aprendendo. E quando a gente escreveu esta canção, a graça de Deus foi real. Todos que ouviram foram sendo marcados. E quando nós gravamos, a graça de Deus foi muito forte naquele momento. E esta música fala justamente sobre isso, a presença de Jesus, a forma como ela é notada. É impossível não percebe-la. Tudo mudou!”

A mensagem central da canção é mostrar que a presença manifesta de Jesus muda tudo.

“Em momentos de desespero, medo ou dor, alguns remédios podem aliviar a dor física, diminuir o estresse mental ou acalmar a ansiedade. Mas somente a presença de Jesus pode nos mudar por completo, de dentro para fora. Quando Ele está presente, o cenário muda, as circunstâncias são alteradas, o ambiente fica mais leve, o ar, mais agradável. É como um perfume suave e marcante que é impossível não ser notado”, explica Hudson.

Hudson também encontra a presença de Jesus na obra de músicos que inspiram sua vida. E foi justamente cantando uma de suas grandes inspirações, que ele encerrou sua participação no Tarde Maior.

“Uma música que me marcou bastante é do Sérgio Lopes, que eu cantava ainda criança. Todas as vezes que essa música tocava na igreja, pessoas se rendiam a Jesus aos prantos. É a música O Amigo. Ela é demais!”