Covid-19: Rio aplica dose de reforço em adolescentes a partir de segunda-feira A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS) vai iniciar, nesta segunda-feira (30), a aplicação da dose de reforço das vacinas contra covid-19 em adolescentes de 12 a 17 anos.

A informação foi publicada ontem (28) pelo órgão em suas redes sociais, um dia depois de o Ministério da Saúde ter divulgado nota ampliando o reforço da imunização para esse público

Para receber a terceira aplicação, os adolescentes devem ter sido vacinados com a segunda dose há pelo menos quatro meses. As vacinas que serão utilizadas são a CoronaVac e a Pfizer, de acordo com a disponibilidade.

A vacinação com dose de reforço também já está disponível para todos os adultos que tomaram a segunda dose há pelo menos quatro meses. Já a aplicação da segunda dose de reforço é recomendada para quem tem ao menos 60 anos e tomou a primeira dose de reforço há pelo menos quatro meses.

Qualquer pessoa com 5 anos ou mais que não se vacinou com a primeira dose também pode receber a vacina contra a covid-19 nos centros municipais de saúde e clínicas da família.

Imunossuprimidos
Pessoas com imunossupressão grave, com 12 anos ou mais, devem tomar a terceira dose da vacina oito semanas após a segunda dose, com intervalo mínimo de quatro semanas. Para isso, é necessário apresentar comprovação.

Quem tem 18 anos, sofre de imunossupressão e recebeu três doses no esquema primário (duas doses e uma adicional) deve tomar nova aplicação com intervalo de quatro meses da dose adicional.