Biden pede orações após atirador matar estudantes em escola no Texas O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, citou a Bíblia e pediu orações pelas famílias que perderam entes queridos no tiroteio em massa na Robb Elementary School em Uvalde, Texas, onde pelo menos 19 crianças e um professor foram mortos a tiros na terça-feira (24). 

Em uma entrevista coletiva realizada na Casa Branca na noite de terça-feira, Biden falou sobre o tiroteio na escola e a tragédia de um pai perder um filho. Ele também culpou o lobby de armas e os fabricantes de armas pelos tiroteios em escolas. 

“Perder um filho é como ter um pedaço de sua alma arrancado”, disse Biden, que já perdeu dois filhos, um em um acidente de carro em 1972 e outro por câncer em 2015.

“Há um vazio em seu peito, você sente que está sendo sugado para dentro dele e nunca vai conseguir sair. É sufocante. E nunca é a mesma coisa.”

Biden citou o Salmo 34:18 , dizendo: “O Senhor está perto dos quebrantados de coração e salva os de espírito abatido”, e pediu às pessoas que orassem pelas famílias das vítimas.

O presidente então pediu leis mais rígidas sobre armas em resposta ao tiroteio em massa, perguntando: “quando, em nome de Deus, vamos enfrentar o lobby das armas?”

“Estou doente e cansado disso. Temos que agir. E não me diga que não podemos ter um impacto nessa carnificina”, continuou ele, citando seus esforços para aprovar “leis de armas de bom senso” enquanto estava no Congresso.

"Não podemos e não vamos evitar todas as tragédias, mas sabemos que funcionam e têm impacto positivo. Quando aprovamos a proibição de armas de assalto, os tiroteios em massa aconteceram. Quando a lei expirou, os tiroteios em massa triplicaram.”

"Para que, em nome de Deus, você precisa de uma arma de assalto, exceto para matar alguém?"

Biden então falou sobre uma reunião recente com líderes nacionais da Ásia e como seus países não têm tantos tiroteios em massa quanto os Estados Unidos.

“Esses tipos de tiroteios em massa nunca acontecem com a frequência que acontecem nos Estados Unidos”, continuou o presidente. "Por que? Por que estamos dispostos a viver com essa carnificina? Por que continuamos deixando isso acontecer?”

Biden então listou outros tiroteios em massa em escolas, cinemas e casas de culto, incluindo o tiroteio na mercearia Tops em Buffalo, Nova York, mas não citou o tiroteio na Igreja Presbiteriana de Genebra de Taiwan em Laguna Woods, Califórnia, dois domingos atrás. 

Na tarde de ontem, um estudante de 18 anos da Uvalde High School entrou na Robb Elementary School e abriu fogo, matando pelo menos 19 crianças e um professor antes de ser baleado e morto.

O atirador também teria atirado em sua avó antes de entrar na escola primária, de acordo com um comunicado divulgado pelo governador do Texas, Greg Abbott.

Abbott acrescentou que as autoridades estão investigando completamente o crime e que ele e sua esposa “choram essa perda horrível” e pediu às pessoas que mostrem “apoio inabalável a todos os que estão sofrendo".