Tripulante alemão está há 2 anos a bordo do Logos Hope

O navio Logos Hope, a maior livraria flutuante do mundo, está no Brasil e, no dia 19 de setembro chega ao Rio de Janeiro, onde ficará até o dia 06 de outubro, com seus mais de 5.000 livros, em português e inglês. A tripulação do navio é formada por cerca de 400 tripulantes, todos voluntários com uma missão. Um deles é o alemão Benaya Keppler.



Há quanto tempo você está a bordo do Logos Hope?

Eu embarquei em setembro de 2017. Eu, assim como toda a tripulação, deixamos família e para estar no navio, servindo.



E como surgiu essa vontade de fazer parte da tripulação?

Começou com o meu pai, que esteve no primeiro navio Logos em 1987 até 1988. Eu já ouvi muito do navio e pessoalmente eu tenho muito interesse em servir, interesse em fazer essa obra voluntária. Porque eu creio que no mundo estamos precisando de pessoas que ajudam umas as outras. Nós queremos compartilhar conhecimento, ajuda e esperança, porque estamos vendo que muitas pessoas precisam disso e precisam de alguém para compartilhar. Isso me motivou a me juntar ao navio. E agora vou ficar 3 anos no navio e espero que com essa experiência eu possa crescer pessoalmente e também para no futuro poder ajudar outras pessoas mais. 



Toda a tripulação é cristã?

Nós somos um navio de organização cristã. Nós, como tripulantes somos cristãos, com o objetivo de compartilhar conhecimento, ajuda e esperança, que nós fazemos a partir de livros, doações, ações sociais que são tudo parte da nossa maneira de compartilhar o amor de Deus de uma forma prática.  



Por quantos países você já passou a bordo do Logos?

Não tenho o número exato na minha cabeça, mas acho que são uns 20 países. Eu me juntei no Caribe, na República Dominicana. Passei o mais próximo do Caribe então quase todos os países da América Latina e agora o Brasil.



E depois segue de volta para o Caribe?

O navio, depois do Brasil, vai seguir para o Caribe, para só uns 3 meses, para depois seguir à Europa. 



E vocês tripulantes têm um período para voltar para família? Como é essa rotina no Logos?

Então, normalmente uma pessoa que se junta no navio por 2 anos, não volta para casa nesses dois anos. Talvez se você passar por seu país, você conseguirá ver sua família. Mas normalmente não visitamos. Mas depois de 2 anos, nós fizemos uma pequena regra que temos que voltar a nossa casa por um mês e meio. Porque depois desse tempo você fica desconectado e temos a oportunidade de reconectar. Depois voltamos para o nosso último ano. Ou seja, após o segundo ano, há um intervalo de um mês e meio com a família e depois retornamos ao navio para mais um ano.



E como vocês se reúnem no navio para cultuar a Deus?

Nós temos nossas igrejas em casa, mas acho que o navio para nós é nossa igreja pessoal. Porque no navio nós temos “família”, nós temos pessoas que são amigas. Compartilhamos cabine, compartilhamos banheiros, então temos o mesmo lugar que compartilhamos, e depois de um tempo você tem essa conexão e também temos cada dia para a tripulação nós temos um tempo onde começamos o dia orando, olhando o que Deus quer fazer em nossa vida e como Ele quer nos usar nesse dia para poder trazer esperança às pessoas do mundo. 



E agora qual a expectativa para a chegada do Logos no Rio de Janeiro?

Eu tenho todas as expectativas. Eu vejo o Rio de Janeiro com pessoas tão lindas, que têm tanta alegria, mas ao mesmo tempo têm necessidades. Nós como navio não poderemos atender a todas estas necessidades em apenas três semanas. Mas o que queremos fazer é começar um fogo em pessoas individualmente para que elas levem isso adiante. O trabalho do navio não é fazer tudo, no caso é motivar pessoas no país a tomarem essas responsabilidades para fazer o trabalho que precisarem. E a outra expectativa que eu tenho é que muitas pessoas, também cristãs, observem o que podem fazer para compartilhar esperança ao mundo e que elas se juntem, talvez não no navio, mas na obra social voluntária, para poder compartilhar esperança e amor para todo mundo. 



 



Serviço:



No Brasil, o navio ficará durante quatro meses:

23 de agosto a 17 de setembro na cidade de Santos/SP;

18 de setembro a 8 de outubro na cidade do Rio de Janeiro;

09 a 22 de outubro em Vitória/ES;

24 de outubro a 12 de novembro em Salvador/BA;

18 de novembro a 06 de dezembro em Belém/PA.



Valor de entrada: R$5,00 por pessoa. O Ingressos de visitação são comprados na entrada do navio. Não tendo como comprar com antecedência. Apenas os bilhetes para as apresentações teatrais são vendidos online e na CPAD Megastore, que fica na Rua Primeiro de Março, 8, no Centro do Rio.