INSS: médicos peritos voltam ao trabalho nesta segunda-feira (23)

Os postos do INSS retomaram nesta segunda-feira (23) as perícias após o fim da greve dos médicos. O acordo foi firmado entre a Associação Nacional de médicos-peritos e o Ministério do Trabalho e Previdência na última sexta-feira (20), e encerrou a paralisação que durou 52 dias.

A categoria reivindicava reajuste salarial, revisão de benefícios e ajustes no plano de carreira.

Segundo a classe, durante o período de greve cerca de 600 mil perícias foram remarcadas em todo o país; 80 mil só no Rio de Janeiro.

Os 1.068 médicos peritos que aderiram à paralisação, segundo o levantamento oficial, voltam ao trabalho hoje e precisam agora correr contra o tempo para dar conta da grande demanda. Segundo a Perícia Médica Federal, o país tem 3.200 peritos na ativa.

Entre as perícias que deixaram de ser feitas durante a greve estão todos os tipos de benefícios que necessitam de avaliação para serem concedidos. Na lista, estão auxílio-acidente, auxílio por incapacidade temporária — antigo auxílio-doença —, e aposentadoria incapacidade permanente (antiga aposentadoria por invalidez), pagos a quem tem alguma incapacidade para o trabalho.

Há ainda outros benefícios, como Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas), aposentadoria da pessoa com deficiência e aposentadoria especial, entre outros, que necessitam da análise de um médico.

Remarcação

As perícias que deixaram de ser feitas durante o período de greve foram reagendadas pelo próprio INSS. Para consultar a nova data é só acessar o site ou aplicativo Meu INSS ou ligar para a Central de Atendimento 135.